02/12/2015

Leite de vaca x Leite de amêndoas. E AGORA, NUTRI?!




A dúvida ainda paira no ar: o leite de vaca faz mal?

Pedi para a Dra. Ana Letícia explicar pra ente a diferença desses leites. Segue a matéria que ela preparou:

Há inúmeros dados, artigos e profissionais dizendo que sim. Fato é que hoje, com a demanda deste produto fica difícil dizer que a produção não sofreu alteração e até hoje tem o mesmo padrão nutricional de antigamente. Claro que com a evolução, dados anteriormente desconhecidos e nunca questionados começam a aparecer, como por exemplo, o consumo do leite de vaca. 

Poderíamos falar por dias sobre este mesmo assunto, mas para simplificar nossas vidas eis alguns dados: 
O leite de vaca possui lactose, um tipo de AÇÚCAR, e muitas pessoas são intolerantes, não possuem a enzima lactase para digerir esse carboidrato, ou são sensíveis devido ineficiência desta enzima. Há também, principalmente crianças, que são ALÉRGICOS a PROTEÍNA do leite. O alérgico pode até ter alguns sintomas em comum com o intolerante, como diarreia, cólicas, distensão abdominal, mas são processos fisiológicos diferentes.

O leite de vaca traz em sua composição um mineral fundamental para o nosso corpo: o cálcio. E é exatamente por isso que alguns ainda sentem-se desconfiados para realizar a troca ou isentar-se da ingestão de leite de vaca (ou de outra fonte animal). É importante saber que os leites de cabra, búfala, ovelha, etc, tem a composição muito parecida com o leite de vaca, sendo alguns inclusive mais calóricos. O leite de vaca está disponível em três versões básicas: integral, semi desnatado e desnatado. E a diferença principal destes tipos é a quantidade de gordura encontrada. Outro fato importante, é que uma das proteínas do leite, a caseína, é de difícil digestão, o que causa muito desconforto em algumas pessoas após a ingestão do leite e seus derivados.

Mas, voltando a evolução, hoje existem opções vegetais para o nosso leite de cada dia. E sim, você deve ficar feliz com essa notícia, sabe porquê? Dá para produzir seu próprio leite em casa! Fora isso os leites vegetais tem excelente composição nutricional! Em destaque hoje, o leite de amêndoas, que tem ótimos níveis de cálcio, magnésio e potássio em sua composição, que te traz alguns dos seguintes benefícios: menos câimbras, menor retenção de líquidos e diminuição da pressão arterial. Além de ser menos calórico, conter menos gorduras, menos agentes inflamatórios, conter carboidratos de baixo índice glicêmico (sendo indicado para diabéticos), ter ausência de lactose e ainda ser de fácil digestão. Quer aprender como fazer seu próprio leite de amêndoa e prová-lo? É muito simples.

Receita de leite caseiro de amêndoas: 2 xícaras de amêndoas sem sal, deixe de molho de um dia para o outro (de 8 a 12 horas) em temperatura ambiente. Descarte a água e seque levemente as amêndoas com um pano, bata-as com 6 a 8 xícaras de água filtrada (depende se gosta mais ralo ou mais concentrado) no liquidificador. Coe com um pano fino o líquido e coloque em uma garrafa de vidro. Conserve em geladeira por até 4 dias. Agite antes de beber.
* Dica: utilize a polpa do pano para fazer uma farinha de amêndoas.


Ana Letícia Vieira
Nutricionista Especializada

CRN-3/SP: 33632
(12) 3305-0522 (Fixo SJC)
(12) 98107-5608 (SJC Tim)
(11) 98432-2343 (SP Tim)

Obrigada Dra. Ana Letícia!
Quem tiver sugestões de mateiras, escreva pra mim! Beijos. 

0 comentários:

Postar um comentário