10/11/2015

Como vão seus ossos? (Capítulo I)






O impacto de atividades físicas e da ingestão de Cálcio na SAÚDE ÓSSEA em diferentes fases da vida.


Como o estilo de vida saudável pode contribuir para a redução do risco de osteoporose?
GENÉTICA: tem papel influenciador no desenvolvimento e crescimento ósseo.
No entanto... elementos modificáveis como:
  • Atividades físicas;
  • Alimentação equilibrada, com ingestão de cálcio e vitamina D;
São fatores importantes para que o indivíduo alcance seu potencial total de crescimento e uma saúde óssea desejável.


OSTEOPOROSE
É caracterizada pela diminuição da densidade mineral óssea, com deterioração da microarquitetura do osso, levando a um aumento da fragilidade esquelética e do risco de fraturas.
Frequentemente, a doença se desenvolve de forma imperceptível durante vários anos, sem sintomas ou dores!
Por isso, sua prevenção e conscientização são ainda mais desafiadoras.

O desgaste após o pico de formação da massa óssea é um processo natural do osso, mas que pode ser controlado, por meio de um estilo de vida saudável, colaborando, dessa maneira, para a redução de osteoporose.

ALIMENTAÇÃO EQUILIBRADA
Muitos nutrientes e componentes alimentares podem ter um impacto positivo ou negativo na saúde dos ossos.

Veja tabela:
FATORES BENÉFICOS
FATORES DIETÉTICOS POTENCIALMENTE PREJUDICIAIS
NUTRIENTES:
FATORES DIETÉTICOS/NUTRIENTES:
CÁLCIO
EXCESSO DE ÁLCOOL
COBRE
EXCESSO DE CAFEÍNA
ZINCO
EXCESSO DE SÓDIO
FLÚOR
EXCESSO DE FLÚOR
MAGNÉSIO
EXCESSO/FALTA DE PROTEÍNA
FÓSFORO
EXCESSO DE FÓSFORO
POTÁSSIO
EXCESSO/FALTA DE VITAMINA A
VITAMINA C
EXCESSO DE ÁCIDOS GRAXOS ÔMEGA-6
VITAMINA D
VITAMINA K
VITAMINAS DO COMPLEXO B
ÁCIDOS GRAXO ÔMEGA-3
PROTEÍNA
FITOESTRÓGENOS
OLIGOSSACARÍDEOS (INULINA)
PET'DEOS DERIVADOS DO SORO DO LEITE
Fonte: Nestlé Faz Bem

Sua influência ocorre por meio de vários mecanismos, incluindo a alteração da estrutura dos ossos, a taxa de metabolismo ósseo, o sistema endócrino e a homeostase de cálcio.
Nesse contexto destaca-se a ação benéfica do cálcio e de vitamina D, como nutrientes fundamentais para a saúde óssea.


ATIVIDADE FÍSICA
A atividade física é um fator relevante para colaborar para a redução do risco e controle da osteoporose por sua capacidade de contribuir para o aumento da massa óssea ou diminuir sua perda. 

Isso ocorre principalmente devido a modificações na estrutura óssea e geometria causadas por cargas mecânicas aplicadas durante a atividade física, que estimulam respostas osteogênicas.


Além disso, a atividade física melhora a força, flexibilidade, coordenação e equilíbrio, tempo de reação e resistência do indivíduo.




No próximo capítulo confira: OS OSSOS NAS DIFERENTES FASES DA VIDA.

"Para prescrição de plano alimentar procure SEMPRE um Nutricionista e para atividade físicas conte com um profissional da Educação Física. Nunca "copie" o que um conhecido faz, pois cada indivíduo tem um tipo de necessidade. Esse post é apenas um informativo, não uma prescrição."

www.academiaquintessencia.com.br

0 comentários:

Postar um comentário