04/08/2015

Crucifixo Reto


Série de dicas de execução de exercícios.
Hoje vim falar de um exercício que adoro, muito mesmo!
O Crucifixo reto, tradicionalmente feito com halteres, tem algumas variações, como uso de medicine ball, polias, elásticos, TRX, posições das pernas, apoio na bola e mesmo a variação de inclinação de banco (crucifixo inclinado) ou peito Fly no peck deck.

Vou ficar no básico, lembrando que todas as variações tem suas vantagens e objetivos.


EXECUÇÃO
- Deitado em um banco horizontal, com os pés apoiados sobre o banco, deixando a lombar numa posição confortável e neutra;
- Halteres devem estar virando-se para dentro e os cotovelos ligeiramente flexionados, porém firmes;
- abrir os brações levando as mãos até a linha do tórax e voltar num movimento ascendente até que as mãos parem em cima da linha dos ombros.

MÚSCULOS ENVOLVIDOS
- Primario: Peitoral maior;
-Secundario: Deltoide anterior.

Variações unilaterais podem exigir bastante do CORE (musculatura abdominal e lombar) bem como manter os pés suspensos (formando um ângulo de noventa graus com joelhos).

A amplitude depende da flexibilidade de quem o executa.
Quanto mais baixas forem as mãos, mais alongadas ficarão as fibras, exigindo maior controle de movimento e é importante atentar-se à carga que se utiliza. 

Geralmente, utiliza-se um pouco menos que a carga para o supino nas mesmas condições (banco reto com halteres). 

Esse exercícios é excelente para ampliar o peitoral. Pessoas que têm rotação interna de ombros, aquela postura com o "peito fechado", podem ter grandes resultados com esse tipo de movimento que amplia as fibras peitorais enquanto as fortalece. 

Quintessência Academia Studio 
Av. Dr. Adhemar de Barros, 1100, 1o. Andar.
www.academiaquintessencia.com.br

 Lembrando que toda atividade deve ser prescrita é acompanhada por um profissional da área.
Não faça exercícios sem orientação de um especialista. 

BONS TREINOS!!!
Beijos. 

0 comentários:

Postar um comentário