05/02/2015

#InstaTips Estável x Instável


Com o treinamento funcional em alta, e todos seus benefícios, muita gente fica em dúvida na hora de fazer os exercícios: base estável ou instável? DEPENDE PRA QUÊ! 


Se o intuito é desenvolver FORÇA, faça o movimento com a base ESTÁVEL, por exemplo: supino no banco reto, rosca direta com pés paralelos e Glúteos em 4 apoios com joelho apoiado no chão (colchonete). 

Agora... Se o intuito é desenvolver EQUILÍBRIO, PROPRIOCEPÇÃO E CORE, use bases INSTÁVEIS. Para os mesmos exemplos anteriores: supino com dorso apoiado na bola Suíça, rosca direta em pé sobre uma prancha de equilíbrio e gluteos em 4 apoios sobre bola Suíça. 

O mais importante é saber o OBJETIVOS daquele exercício, para definir qual base será usada. 
Os dois tipos são bem interessantes e o mais legal é variar os estímulos sempre, para atingir diferentes grupos musculares e fibras mais profundas. 
Bons treinos!

0 comentários:

Postar um comentário