21/01/2015

Dieta Ravenna

Pra quem vive de dieta, e pra quem vive na dieta da moda, chegou mais uma para alegria dos que lutam contra balança e buscam uma saúde melhor!
A RAVENNA, foi desevolvida por Máximo Ravenna, clínico geral e psicoterapeuta, que é Argentino, e tem princípios bem interessantes.
Li diversos artigos, revistas e sites e fiz um apanhado do que entendi para vocês.
Isso não é uma recomendação nem tão pouco uma crítica. Tentei ser bem imparcial com relação à minha opinião e passarei o que li e ouvi sobre a dieta. 



O QUE PODE

Queijos, leite, ovos, carne, frango, peixe e algumas frutas, verduras e legumes. Mas não é uma dieta proteica. 

O QUE NÃO PODE

Alimentos com alto índice glicêmico, ou seja, os que o organismo absorve muito rapidamente, gerando fome pouco tempo depois. Entram nessa lista carboidratos refinados (pães, açúcar, farinha), cereais, gorduras de baixa qualidade (linguiça, bacon, manteiga), sementes, algumas raízes e tubérculos (batata, milho, mandioca), leguminosas (feijões, grão-de-bico, lentilha, ervilha), bebidas alcoólicas e algumas frutas, como cacau, açaí, abacate, caqui, coco e uva passa.

DIA-A-DIA

São quatro refeições permitidas por dia. Apenas quatro, sem lanchinhos intermediários nem petiscos.
Desjejum, almoço, lanche da tarde e jantar. Em cada refeição tem-se todos os macronutrientes (carboidratos, lipídios e proteínas) de forma bem balanceada. No almoço e no jantar deve-se consumir um caldo quente e uma salada antes do prato principal. Dando direto também a um cafezinho ou chá e sobremesa. 
E muita, muita água ao longo do dia.

QUILOCALORIAS POR DIA

Somando as quatro refeições, permite-se, na primeira fase da dieta, 880 kcal por dia.

HORAS EM JEJUM

Entre uma refeição e outra deve-se manter uma distância de 3 a 6 horas de jejum. E entre o jantar e o cafe da manhã do dia seguinte, uma média de 12 horas em jejum.

VANTAGENS

Por conter diversos tipos de alimentos na mesma refeição, tem-se uma maior sensação de saciedade. E o fato de fazer poucas refeições, faz com que a pessoa não exceda as calorias com os lanchinhos.
O consumo do caldo quente é uma estratégia que age em algumas papilas gustativas que aceleram o tempo de saciedade e reduzem a vontade de comer quando chega a vez do prato principal.

DESVANTAGENS

Quem come fora de casa com certeza terá que fazer marmitas para não passar do horário correto de se alimentar e para ter disponível o alimentação o correto. Carboidratos complexos e alimentos de baixo índice glicêmico nem sempre são encontrados em lanchonetes e cantinas, por exemplo. 

-----
Existem alguns centros espalhados pelo mundo, e dois deles são no Brasil. São formados por uma equipe multidisciplinar, com nutricionistas, psicólogos e educadores físicos, agindo em conjunto para dar todo apoio emocional e estrutural para o paciente que se hospeda nesse tipo de Spa. 

Essa descrição que fiz é referente à primeira parte da dieta.  A etapa seguinte reintroduz os alimentos "não permitidos" aos poucos, de acordo com a necessidade de emagrecimento de cada um.

Vale a pena conhecer, lembrando que o equilíbrio é a chave do sucesso!

Beijos!

0 comentários:

Postar um comentário