02/11/2014

AEJ

Quem nunca viu um post no Insta sobre o AERÓBIO EM JEJUM?!....

Saiu uma matéria no blog Vida Fit (www.vidafit.com.br) reunindo opiniões de vários profissionais sobre o e tema, invlusive eu. 

Segue o link para acompanharem o post completo: 

Minha opinião quando questionada se o AEJ funciona:

Sim, não e talvez. 

Quando acordamos, estamos praticamente sem glicose na corrente sanguínea, uma vez que estamos, em média, de 6 a 10 horas sem ingestão de alimentos. Por isso a necessidade de um café da manhã energético, para repor os baixos níveis de glicose circulante, e consequentemente, ter energia para fazer exercícios.

Uma pessoa bem treinada, tanto aerobiamente, quanto em exercícios de resistência muscular, tem uma grande capacidade de manter os estoques de glicogênio, ácidos graxos e triglicerídeos intramuscular (aqueles vindos do fígado), o que significa que, se essa pessoa fizer AEJ, terá boas condições de se manter em homeostase (equilíbrio) desde que mantenha uma intensidade baixa, e a duração do exercício não passe de 45 minutos. Mas uma pessoa que não está bem condicionada, ao praticar o AEJ, poderá ter sérios danos no organismos, podendo ocorrer ocorrer tonturas, náuseas, vômitos e até desmaios. Sem benefícios fisiológicos.

Então, se você não é um atleta de alta performance em semana de treinos fortes, nem uma pessoa extremamente bem treinada, o AEJ não é indicado, pois os malefícios de sobrecarga do organismo são altos, em troca de pouca adaptação fisiológica. A maioria da população que frequenta academias, faz em média 4 horas semanais de exercícios, em intensidade moderada, o que não é caracteriza como exercício de alto rendimento.

Informe-se com seu treinador sobre suas capacidades antes de fazer AEJ, ou outra atividade de risco. O modismo nem sempre é bom para você! Cada indivíduo tem suas características e necessidades.”

Então já sabem. Pode funcionar, sim. MASSS... Cada caso é uma caso. Procure especialistas. 

Boa semana a todos!

Beijos.

0 comentários:

Postar um comentário