24/10/2014

Acarajé

Nada light..... O ACARAJÉ (até 1500 kcal! 😱) é um prato típico da Bahia. 

Para evitar a fritura, tem o ABARÁ (até 700 kcal...), que é feito da mesma massa, porém assado. 

Falando em calorias, para calcular o gasto calórico de cada pessoa deve se levar em consideração seu peso, altura, condicionamento físico, idade, condições climáticas, condições de cansaço no dia, entre outros fatores.

Fazendo uma estimativa de gasto, compare quanto tempo de exercício deveríamos fazer (a mais ) para compensar as delícias baianas.


CORRIDA, BIKE, NATAÇÃO: 500 a 900 kcal por hora, cada.

Calorias e gorduras à parte..... Vamos às dicas turísticas.


Recebi muitas informações aqui em Salvador, das Baianas mais famosas e fiz um resuminho, seguindo um roteiro do blog www.gastronomiasalvador.com

*  Acarajé é uma especialidade gastronômica  da culinária afro-brasileira feita de massa de feijão-fradinhocebola e sal, frita em azeite-de-dendê. O acarajé pode ser servido com pimentacamarão seco, vatapácaruru ou salada, quase todos componentes e pratos típicos da cozinha da Bahia.


* História: 
Manuel Querino em A arte culinária na Bahia, de 1916, conta, na primeira descrição etnográfica do acarajé, que "no início, o feijão fradinho era ralado na pedra, de 50 cm de comprimento por 23 de largura, tendo cerca de 10 cm de altura. A face plana, em vez de lisa, era ligeiramente picada por canteiro, de modo a torná-la porosa ou crespa. Um rolo de forma cilíndrica, impelido para frente e para trás, sobre a pedra, na atitude de quem mói, triturava facilmente o milho, o feijão, o arroz".
O acarajé dos Iorubás da África ocidental (TogoBeninNigériaCamarões) que deu origem ao brasileiro é por sua vez semelhante ao Falafel árabe inventado no Oriente Médio. Os árabes levaram essa iguaria para a África nas diversas incursões durante os séculos VII a XIX. As Favas secas e Grão de bico do Falafel foram alternados pelo feijão-fradinho na África.

* Acarajé da baiana
O acarajé também é um prato típico da culinária baiana e um dos principais produtos vendidos no tabuleiro da baiana (nome dado ao recipiente usado pela baiana do acarajé para expor os alimentos), que são mais carregados no tempero e mais saborosos, diferentes de quando feitos para o orixá.
A forma de preparo é praticamente a mesma, a diferença está no modo de ser servido: ele pode ser cortado ao meio e recheado com vatapácaruru, camarão refogado, pimenta e salada de tomates verde e vermelho com coentro.
O acarajé tem similaridade com o abará, difere-se apenas na maneira de cozer. O acarajé é frito, ao passo que o abará é cozido no vapor.
Os ingredientes do acarajé são meio quilograma de feijão-fradinho descascado e moído, 150 g de cebola ralada, uma colher de sobremesa de sal ou a gosto e um litro de azeite-de-dendêpara fritar. O recheio de camarão é feito com 4/6 xícara de azeite-de-dendê, 3 cebolas picadas, alho a gosto, 700 g de camarão defumado sem casca e cheiro-verde refogados por 10 a 15 minutos. É possível acrescentar tomate e coentro, e como dito anteriormente, caruru, vatapá e molho de pimenta.

 


REGINA (Rua Da Graça, Rio Vermelho e Pituaçú)
ATUALIZADA: 07/05/2012 
Eleita pela Veja Salvador 2010/2011 o melhor Abará 
Famosa bahiana de Acarajé da Rua da Graça que vivia com filas na porta, com o passar do tempo abriu mais 2 unidades (Largo de Santana e no Parque de Pituaçú). 
Sucesso mesmo é o Abará, que tem sabor e maciez incomparável. 
Costumo ir na unidade do Rio Vermelho, o estacionamento é meio pequeno e não tem muita estrutura no local além de umas 2 ou 3 mesas. Mas vale a pena pela qualidade do abará e acarajé. 

END.: Largo de Santana, s/nº, Rio Vermelho, Salvador - Bahia 
Horário: 15h/22h30 (sáb. e dom. 10h/20h) 
END.: Parque Metropolitano de Pituaçu, s/nº, Pituaçu, Salvador - Bahia 
Horário: 10h/16h (dom.); 
END.: Rua da Graça, s/nº, Graça, Salvador - Bahia 
Horário: 16h/21h30 (fecha sáb. e dom.) 
FONE: 071 3232-7542 





CIRA (ITAPUÃ, RIO VERMELHO E LAURO DE FREITAS)
ATUALIZADA: 07/05/2012
ELEITA PELA VEJA SALVADOR 2010/2011 O MELHOR ACARAJÉ E COCADA

As filas são marca registrada nos pontos de Cira,  mas puderá o Acarajé é tudo de bom. Massa crocante por fora e super leve no interior. Dos deuses mesmo!
O Vatapá temperado na medida certa e o Camarão graúdo de dar inveja na concorrência. Uma vezes por semana a própria Cira vai a Feira de São Joaquin em busca de ingredientes frescos para dar cabo das 300 unidades de Acarajés vendidos por dia (R$6,00 c/ camarão e R$5,00 s/ camarão).
 A cocada na verdade leva rapadura no lugar de açucar daí o segredo  do sabor. Vale a pena provar apesar da fila ser enorme, difícil é comer apenas um. Prefiro a unidade do Rio Vermelho, mas acho que começa a vender muito tarde, por volta de 11h, e baiano já acorda no domingo pensando em Acarajé e Abará.
END.: Rua Aristides Milton, s/nº, Itapuã, Salvador - Bahia 
Horário: 10h/22h (sáb., dom. e feriados até 0h
END.: Largo da Mariquita, s/nº, Rio Vermelho, Salvador - Bahia 
Horário: sáb. e dom. 11h/23h
END.: Estrada do Coco, s/nº, em frente ao Hospital Aeroporto, Lauro de Freitas - Bahia
Horário: 10h/22h (sáb., dom. e feriados até 0h).


ELIANA (COSTA AZUL)
ATUALIZADA: 07/05/2012 

O quiosque é comandado por Eliana Ferreira, que aprendeu a preparar o Acarajé com a mãe, fica ao lado do Shopping BahiaMar no Costa Azul.
A clientela é praticamente fixa, eu mesma vou sempre por ficar bem perto da minha casa e por meus filhos adorarem.
 O acarajé (R$5,00 c/ camarão e R$43,00 s/ camarão) é super crocante e bem saboroso e o abará também não fica atrás.
As quintas - feiras serve Bobó de Camarão e as sextas sarapatel.  Falta uma mesinha, mas tem banquinhos que pelo menos dá para se acomodar. Eu adoro!
END.: Rua Arthur de Azevedo Machado, 495 - Shopping Bahia Mar, Costa Azul, Salvador - Bahia
Horário: 15h/21h (sáb. e dom. 10h/20h)
FONE: 071 8765-1705




Bom apetite, aprecie com muuuuita moderação!

Beijos!

0 comentários:

Postar um comentário