27/08/2014

Panturrilha x Salto Alto


Uma preocupação constante das mulheres de hoje é estarem sempre elegantes e parecerem cada vez mais longelíneas. Seja no ambiente corporativo ou momentos de lazer.

Eu ouço semanalmente muitas mulheres reclamarem de dores nas panturrilhas (nome popular para os GASTROCNÊMIOS) principalmente após jornadas de 6 a 8 horas em cima do salto alto. Mas por que isso acontece se essas mulheres treinam e têm as pernas fortes?

... Conhecendo as panturrilhas...
Musculatura composta por um par de cabeças, por isso também é chamada de Gêmeos.
É a maior musculatura responsável pelo retorno venoso dos pés ao coração. 

Por que doem?
Uma boa explicação envolve conceitos básico de fisiologia do exercício.. TREINO e RECUPERAÇÃO.

Acontece o seguinte:

1. Treino de panturrilhas, o músculo se desgasta e ocorrem micro-rupturas (micro-lesões);

2. Em seguida, no mesmo dia ou nas próximas 12 horas, a mulher sobe no salto e vai trabalhar horas seguidas.  Nesse momento seus gastrocnemios ficam em posição encurtada;

3. Durante esse período, aquelas micro-rupturas que deveriam estar "cicatrizando" na posição anatômica, ou seja, sem encurtamento, estão se recompondo em posição encurtada, quando as estruturas de actina e miosina permanecem cruzadas;

4. Um ou dois dias depois essa musculatura recebe um alongamento (já que está doendo) e as micro-lesões aparecem de novo, causando a dor semelhante a de um estiramento...


Conclusão, o músculo não se recuperou da maneira correta, foi encurtado durante a fase de regeneração e quando recebe o alongamento a sensação de dor e incomodo é, claro, grande.

Soluções: evitar o uso de salto alto nas jornadas de trabalho. Ou.... Ao menos nos dias que treinar as Panturrilhas, para que seu corpo possa se recuperar de forma confortável e correta.
Se isso não for possível, procure calçados mais anatômicos e saltos mais baixos.
Ao chegar em casa, procure colocar os pés para cima e massagear a região.


Cuide bem do seu corpo.

Seu corpo.. Seu templo!

Beijos
ElisaPrits






0 comentários:

Postar um comentário